Go to content

Indra no Brasil


Soluções globais integradas

A Indra desenvolve sua atividade no Brasil desde 1996. Conta atualmente com mais de 6.500 profissionais. Com sede em São Paulo, tem escritórios em Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza e Salvador, entre outras cidades; e conta com duas Fábricas de Software em Campinas e Goiania. Sua atividade inclui os setores de Transporte e Tráfego, Energia e Utilities, Defesa e Segurança, Telecomunicações, Serviços Financeiros, Administração Pública e Indústria.

O Brasil é um objetivo estratégico mundial da Indra que tornou-se o principal mercado internacional da companhia. Em 2011 a Indra transferiu a direção geral internacional da companhia ao Brasil, onde a partir de seu headquarter em São Paulo, Emilio Díaz, Diretor Geral Internacional e Presidente da Indra no Brasil, gestiona os negócios dos mais de 110 países nos quais a Indra esta presente

Edificio de Indra en Brasil

No setor de defesa, desde 2005 a companhia colabora de forma recorrente com as Forças Armadas do país em projetos relacionados com comunicações militares via satélite, sistema de vigilância por radar e sistemas de defesa eletrônica. Atualmente a Indra é a principal fornecedora de terminais de satélite do Ministério da Defesa Brasileiro.

A Indra no Brasil também contribuiu de forma relevante para a consolidação da rede de comunicações por satélite do Ministério da Defesa (rede SISCOMIS), tanto como fornecedor de diferentes tipos de terminais Satcom terrestres e navais, como através do desenvolvimento do sistema de gestão da própria rede.

Além disso, firmou um contrato para entregar à Comissão de Implantação de Sistemas de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA) do Brasil dois sistemas de radares transportáveis (MSSR Mode S) destinados à respaldar a gestão do tráfego aéreo civil.

Na área de sistemas de gestão de infraestruturas de transporte e tráfego, a Indra em colaboração com a Esteio, foi contratada para a implementação dos sistemas de pedágio em três rodovias, duas na região de São Paulo e uma que une as regiões de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Adicionalmente, a Indra e Esteio desenharão e implemetarão um sistema de gestão de tráfego metropolitano na cidade de Curitiba.